Parlamentares da CPI da Telefonia Móvel chega aos municípios do Piauí

O deputado Cícero Magalhães é o presidente da comissão e a deputada Margarete Coelho é a relatora

Parlamentares piauienses estão à frente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia do estado. A mobilização teve início com duas audiências públicas realizadas nesta quinta-feira (10), nos municípios de Água Branca e Valença do Piauí.

O deputado Cícero Magalhães é o presidente da comissão e a deputada Margarete Coelho é a relatora. A justificativa é ouvir as denúncias de usuários da telefonia e representantes comunitários sobre os serviços de baixa qualidade oferecidos pelas operadoras de telefonia no estado.

Em Água Branca, a audiência aconteceu durante a manhã de ontem, na Câmara de Vereadores. As pautas são baseadas nas reclamações sobre os serviços de internet, telefonia fixa e serviços de atendimento ao consumidor.

A deputada estadual Margarete Coelho, relatora da Comissão, ressalta que as audiências públicas sobre o assunto são pertinentes e oportunas, tendo em vista que este é um dos problemas que mais afetam a população brasileira, através dos piores serviços de telefonia do mundo.

"Neste primeiro momento estamos fazendo o mapeamento das áreas mais prejudicadas com a telefonia e entre os principais problemas destacados estão velocidade da conexão de internet, o valor da taxa mínima do telefone fixo, as ligações de celular que são constantemente interrompidas, além de serviços de atendimento aos consumidores que não funcionam como deveriam", reforçou a deputada.

Ainda de acordo com Margarete Coelho, a prioridade no momento é ouvir a população e colher o máximo de assinaturas, em uma junção de forças para a construção de um nova legislação para a telefonia no país. O abaixo- assinado deve chegar ao Congresso Nacional juntamente com a proposta de mudanças no marco regulatório dos serviços.

"Temos notado que a população tem feito um forte apelo à CPI, para que esta traga bons resultados, pois os serviços só pioram e os direitos do consumidor estão sendo claramente lesados".

Em Valença, a audiência aconteceu na Unidade Escolar Santo Antônio. No município de Esperantina, a audiência pública acontece nesta sexta-feira (11), na Câmara de Vereadores.

A CPI da telefonia pretende chegar a todos os polos regionais do Piauí e está em fase de construção a agenda de visitas dos próximos fins de semana.

Fonte: Savia Barreto