Pastor evangélico que defende o aborto fica com gabinete de Clodovil Hernandes

Bezerra não teve a possibilidade de ficar com a decoração peculiar que Clodovil fez no gabinete

O deputado Flávio Bezerra (PMDB-CE) se instalou nesta semana no gabinete que pertencia ao deputado Clodovil Hernandes (PR-SP), que faleceu neste mês. Pastor da Igreja Universal do Reino de Deus desde 1988, ele defende posições polêmicas em relação aos pensamentos religiosos, como a descriminalização do aborto.

Bezerra não teve a possibilidade de ficar com a decoração peculiar que Clodovil fez no gabinete. Todos os bens do deputado morto foram retirados pela Câmara porque pertencem a seu espólio. Segundo Bezerra, restou de lembrança do colega apenas uma divisória branca com uma porta, segundo ele, de ?bom gosto?. O deputado do PMDB irá manter essa única ?herança."

O parlamentar que ocupa o espaço físico que era destinado a Clodovil pede para trocar de gabinete desde o início de 2007 e era o primeiro da fila que a Câmara cria para estas situações. Bezerra afirma ter trocado apenas uns "bom dia" e "boa tarde" com o colega Clodovil.

Com mais de 20 anos com militância dentro da igreja, Bezerra já ocupou postos em diversos estados brasileiros e no continente africano. Questionado se é favorável ao aborto, o parlamentar mostrou sua ?independência? em relação à religião.

?Acho que tem de se colocar no lugar da moça. Não dá para ficar aí fazendo lobby. Tem que se colocar do lado da pessoa para sentir todo o processo. Essa gravidez vai destruir a vida da mãe e aquela vida que está para chegar porque não vai haver amor. Quantos casos temos de delinqüência juvenil, de pessoas atrás das grades, de tudo isso que está acontecendo por falta de amor??, disse o deputado do PMDB ao G1.

Bezerra destaca que sua posição favorável ao aborto é diferente do que defende a Igreja da qual participa. Seu mandato, aliás, não tem vinculação forte com a bancada evangélica. Ex-pescador, o deputado do PMDB tem nessa área seu foco de trabalho, sendo o primeiro presidente da Frente Parlamentar da Pesca. Recentemente, ele presidiu a comissão que analisou e aprovou um projeto que transforma a secretaria especial da Pesca em Ministério.

Fonte: g1, www.g1.com.br