Pastor Levino admite entrar na disputa pela Presidência da Câmara

Segundo ele, os parlamentares da Casa já iniciaram movimentos para lançar seu nome na eleição que acontece em dezembro

Um novo nome pode entrar para a disputa da Presidência da Câmara de Vereadores de Teresina. É o vereador Pastor Levino de Jesus (PRB). Segundo ele, os parlamentares da Casa já iniciaram movimentos para lançar seu nome na eleição que acontece em dezembro. ?Alguns colegas querem colocar o meu nome, e eu aceito se for um consenso?, afirmou Levino, acrescentando que a atual gestão encabeçada pelo vereador Renato Berger (PSDB) é avaliada como ?positiva?.

?Ele está fazendo um bom trabalho, mas ainda iremos aguardar o resultado do pleito de 2010 no segundo turno para levar adiante essas discussões?, ponderou. Além de Levino, que é o único representante do PRB na Câmara, outros nomes já foram especulados para ocupar a vaga de Berger na Casa. O próprio tucano já se disponibilizou a disputar a reeleição.

?O regimento permite e é uma possibilidade, mas os vereadores ainda estão muito ligados à campanha eleitoral?, disse Berger. Ele foi indicado para o cargo pelo então prefeito da capital e atual candidato a governador, Sílvio Mendes (PSDB).

Outro vereador cotado para disputar a presidência da Casa é a petebista Graça Amorim, que ocupa atualmente o cargo de secretária municipal de Assistência Social de Trabalho e Cidadania da PMT. O vereador Major Paulo Roberto, do PRTB, ressaltou que ser o único representante do partido na Câmara não é um impedimento para tentar ocupar a vaga de Renato. ?A partir de novembro irei estudar a viabilidade do meu nome ou em quem devo votar?, destacou Paulo Roberto,.

Já líder da Prefeitura na Câmara, o vereador Inácio Carvalho (PMDB), garantiu que o assunto ainda não foi discutido pelo prefeito Elmano Férrer (PTB). ?Não queremos disputa e sim um candidato de consenso?, adiantou. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte