PC do B escolhe, por unanimidade, indicar Aldo para Esporte

PC do B escolhe, por unanimidade, indicar Aldo para Esporte

Aldo Rebelo é deputado desde 1991 e cumpre o seu sexto mandato na Câmara.

Poucas horas após a demissão de Orlando Silva do Ministério do Esporte, o PC do B decidiu indicar à presidente Dilma Rousseff o nome do deputado Aldo Rebelo (SP) para comandar a pasta. A decisão da legenda será oficialmente apresentada ao Palácio do Planalto em uma reunião esperada para a manhã desta quinta-feira (27).

A palavra final cabe à presidente. Ontem à noite, ainda estavam no páreo Flávio Dino (PC do B-MA) e a deputada Luciana Santos (PC do B-PE). Dilma manifestou a interlocutores a preferência por Dino, mas afirmou que não vetaria nenhuma das outras opções.

O presidente do PC do B, Renato Rabelo, já foi para o Palácio do Alvorada se encontrar com Dilma para bater o martelo.

Em seu microblog, o ex-ministro Orlando Silva postou no Twitter, sem dar detalhes: "Bom dia, Aldo Rebelo! Deus ilumine teus caminhos. Bom trabalho!".

PERFIS

Aldo Rebelo é deputado desde 1991 e cumpre o seu sexto mandato na Câmara. Nos últimos dois anos, destacou-se no debate político por ter sido relator do Código Florestal, quando foi criticada principalmente por ambientalistas. Neste ano, disputou uma vaga no TCU (Tribunal de Contas da União), com apoio da bancada ruralista, mas perdeu para a deputada Ana Arraes (PSB-PE).

Presidente da Embratur, Dino era apontado como o preferido do Planalto, enquanto Rebelo contava com a preferência da bancada. Já a deputada pernambucana, vice-presidente nacional do PC do B, corria por fora.

Luciana Santos foi a primeira opção de Dilma para o ministério na transição de governo. Foi preterida diante das pressões dos comunistas para manter Orlando, herdado do ex-presidente Lula.

Fonte: Folha.com