PEC da Ficha Limpa deve voltar à Assembleia Legislativa do Piauí

Neste âmbito, a solicitação foi inserida pelo deputado Fábio Novo

Aprovada em primeira votação no dia 1 de novembro de 2011, a Proposta de Emenda à Constituição apresentada pelo até então deputado estadual Firmino Filho (PSDB), atualmente prefeito da capital, que impõe a proibição a qualquer cidadão que esteja inelegível de ocupar cargos do primeiro e segundo escalão do Executivo, poderá voltar à tona na Assembleia nos próximos meses.

A ação foi defendida na tarde de ontem pelos parlamentares no Plenário da Casa Legislativa, que questionaram o arquivamento da matéria, indicando que a sua efetivação depende apenas da segunda apreciação no Poder.

Neste âmbito, a solicitação foi inserida pelo deputado Fábio Novo (PT), revelando que a proposição representaria um ganho para a população piauiense.

Image title

"Não compreendo por que não foi votado o projeto que impõe a proibição da ocupação de cargos públicos por quem tem ficha suja. É um projeto simples, essa Casa votou em primeira votação, falta votar em segunda", relatou o governista.

Liderando os trabalhos da Mesa Diretora no dia, o deputado Marden Menezes (PSDB) indicou que a bancada do partido já está levantando a questão, inclusive, versando para o desarquivamento. "Vamos pedir o desarquivamento para poder votar.

A dúvida que tínhamos é se precisaria apresentar novamente, como a assessoria confirmou que não, estamos nos movimentando em prol disso", afirmou. Com isso, Novo cobrou que a PEC seja colocada em pauta.

"O que falta é colocar o projeto na pauta de votação, seria uma grande contribuição para o Piauí. O que está impedindo de votar? Se querem limpar os Poderes, vamos votar", complementou.

Fonte: Francy Teixeira