PEC dos auditores fiscais pode ficar só para 2015

Ele falou também do projeto dos técnicos da Fazenda, que ele acha também que é inconstitucional e que não pode haver mudança, nós precisamos ter uma segurança jurídica”, considerou

O deputado João Mádison (PMDB) confirmou ontem que a votação da PEC que aumenta o teto salarial dos auditores fiscais da Fazenda será adiada para a próxima semana, a ação se deu após a visita do governador eleito Wellington Dias (PT), que busca um acordo com a classe, tendo em vista que para a base aliada do próximo governo a proposta seria inconstitucional. “Queremos que haja por parte da futura equipe do governador, que possa trazer para nós alguma decisão do Supremo, alguma coisa que possa nos dizer que aquilo que estamos votando nesta casa é inconstitucional. Ele falou também do projeto dos técnicos da Fazenda, que ele acha também que é inconstitucional e que não pode haver mudança, nós precisamos ter uma segurança jurídica”, considerou.

Já a deputada estadual Rejane Dias (PT) declarou que o governador eleito não quer prejudicar os auditores e visa encontrar uma saída, contudo o desejo seria que o debate fosse adiado para o próximo ano, proposta que não é bem recebida pela classe. “Precisamos chegar a um entendimento, a proposta que ele colocou aqui é se for o caso a elevação, por exemplo, do teto do governador, encontrar uma maneira, uma saída, de tal maneira que eles não tenham uma perda em relação a essa gratificação. Já abrimos um canal de conversação, inclusive com as bancadas que farão bancadas dessa base e esperamos chegar a um consenso a partir de 2015”, afirmou.

Para o presidente do sindicato dos auditores fiscais da Fazenda no Piauí, Clésio Teixeira, não é viável que se deixe a decisão da PEC para 2015. “Como é que vai remeter pra 2015 se a decisão foi agora, como vai garantir se essa verba não terá que ser devolvida aos cofres públicos, eu tenho uma remuneração de R$ 14 mil, vou ficar recebendo R$ 9 mil, legalmente falando a PEC é a única saída”, rebateu.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Francy Teixeira