Pesquisa aponta Mão Santa com maior rejeição para o Senado

Já Firmino Filho tem uma das menores rejeição de 9,67% e Marcelo Castro é o menor com 8,70%

Pesquisa do Jornal Meio Norte e o Instituto Amostragem avaliou o índice de rejeição dos pré-candidatos ao Senado. O resultado aponta que Mão Santa tem 26,80% de rejeição dos eleitores piauienses. É quem atinge o maior índice. O menor, é o do governador Wellington Dias, que é de 8,61%. Heráclito Fortes, candidato à reeleição, tem 15,47% de rejeição dos eleitores piauienses. Antônio de Deus Neto tem rejeição de 15,91% dos eleitores. Robert Rios tem 14,85% de rejeição dos eleitores e Joaquim Saraiva tem a rejeição de 15,11% dos eleitores.

Já Firmino Filho tem rejeição de 9,67% dos eleitores e Marcelo Castro possui rejeição de 8,70%. Outros 8,44% dos eleitores do Piauí não rejeitam nenhum dos candidatos e 1,41% dos eleitores afirmaram que vão em branco ou anular seus votos. 9,49% dos eleitores declararam que não sabem ou não quiseram opinar sobre a rejeição dos candidatos ao Senado.

CENÁRIO

O presidente do Instituto Amostragem, o professor universitário e estatístico João Batista Teles, afirmou que a posição dos pré-candidatos ao Senado na pesquisa de outubro é quase a mesma da registrada em levantamento eleitoral em setembro deste ano.

Fonte: Efrém Ribeiro, Jornal Meio Norte / meionorte.com