PF deflagra nova fase da Lava Jato que mira apartamentos da OAS

Entre os crimes investigados estão corrupção e evasão de divisas

A Polícia Federal (PF) cumpre a 22ª fase da Lava Jato na manhã desta quarta-feira (27) em São Paulo e Santa Catarina. Esta fase mira apartamentos da empreiteira OAS que, segundo investigações, podem ter sido usados para repasse de propina do esquema de corrupção da Petrobras.

 A polícia tem 23 mandados judiciais para cumprir, sendo seis de prisão temporária, 15 mandados de busca e apreensão e dois de condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento. Em São Paulo, a ação ocorre na capital, Santo André e São Bernardo do Campo. Em Santa Catarina, ocorre em Joaçaba.

Uma das pessoas presas é a publicitária Nelci Warken, que prestou serviços de marketing à Bancoop. Ela foi detida em São Paulo e levada para a sede da Polícia Federal na Lapa, Zona Oeste da capital paulista.

Policiais federais chegam com malotes da Operação Lava Jato (Crédito: Reprodução)
Policiais federais chegam com malotes da Operação Lava Jato (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do G1