PI tem 10 cidades com mais eleitores que habitantes

O município de Bocaina lidera as diferenças, com 121,1% a mais de eleitores do que a população.

A relação entre a quantidade de eleitores e de habitantes no Piauí ultrapassa os 100% em dez municípios. O cruzamento de dados entre o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A discrepância pode indicar fraude, com o uso de falsos títulos e resultar em um futuro recadastramento de eleitores, que só pode ser feito pela Justiça Eleitoral em anos onde não há nenhum pleito sendo realizado.

O município de Bocaina lidera as diferenças, com 121,1% a mais de eleitores do que a população. Em seguida vem Aroeiras do Itaim, com 106,2%, Coivaras, 100,6%, Jatobá, 108,3%, Juazeiro, 109,8%, Nazária, 111,6%, Nossa Senhora de Nazaré, 108,7%, Pedro Laurentino, 103,3%, São Félix, 101,6%, e São Miguel da Baixa Grande, 100,2%.

Como transferência do título para a cidade onde mora é opcional para o eleitor, muitos mudam de município sem alterar o título. A média ideal entre eleitores e habitantes é de 65%, mas no Estado essa porcentagem chega a 72%. No início do ano o TRE cancelou 2,7 mil títulos de eleitores dos municípios de Demerval Lobão e Lagoa do Piauí por terem ultrapassado a proporção entre eleitores e habitantes indicadas pela Justiça Eleitoral.

As revisões nos municípios foram solicitadas pelos juízes eleitorais das comarcas. Como 2.064 eleitores não compareceram ao recadastramento em Demerval e 594 não foram para a revisão em Lagoa do Piauí, 21% e 18%, respectivamente, dos eleitores de cada localidade tiveram seus títulos cancelados. Jardim do Mulato, Piracuruca e Piripiri também solicitaram a revisão em 2009. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte