PI tem 25 candidatos com 81 mil votos sub judice

O balanço foi divulgado ontem pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os 25 candidatos que estão sub judice no Piauí somaram 81 mil votos. O balanço foi divulgado ontem pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os votos dos candidatos enquadrados pela Lei da Ficha Limpa não foram computados na relação geral de eleitos. A decisão foi tomada pelo TSE na última sexta-feira, após o Supremo Tribunal Federal (STF) não definir a validade da lei para eleições deste ano.

Mesmo que tivessem os votos computados, os candidatos ao Senado, Governo estadual, Assembléia Legislativa e Câmara Federal, não mudariam o resultado do pleito divulgado no último domingo, 03. O TSE contabiliza que 3.162 políticos em todo o país, ou seja, 14% dos candidatos, tiveram os registros de candidatura negados pelos Tribunais Regionais Eleitorais. Ainda restam 1.248 com recurso pendentes na instância superior da Justiça Eleitoral.

O candidato sub-júdice com maior votação no Estado foi o deputado estadual Roncalli Paulo (PSDB), que obteve 16.847 votos. Ele foi seguido do ex-prefeito José Maria Monção (PTB), que registrou 111 mil votos, e do deputado estadual Paulo César Vilarinho (PTB), que somou 9.575 votos. O candidato a governador pelo PMN, Francisco Macêdo, teve 1.376 votos.

Em todo o país, porém, cinco candidatos que tiveram os registros de candidaturas suspensos pela Lei Ficha Limpa, deveriam ter sido eleitos no último domingo. Segundo a Ficha Limpa, aprovada em junho no Congresso, são proibidas as candidaturas de políticos condenados pela Justiça em decisão colegiada.(S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte