Piauí é um dos estados do BR que menos demite servidores federais

O Piauí supera apenas os Estados do Acre e Sergipe.

O Piauí é um dos Estados com menor número de servidores públicos federais expulsos no país superando apenas os Estados do Acre e Sergipe. Os dados fazem parte de um relatório divulgado ontem pela Controladoria Geral da União (CGU). De 2007 a 2011, foram 15 demitidos por conta de irregularidades no Estado, entre 2.348 em todo o país. O Rio de Janeiro lidera o ranking, segundo publicação.

Segundo a CGU, foram 564 casos em 2011, a maioria relacionada com corrupção. No Piauí, foram contabilizados quatro casos no ano pas sado. O maior número de expulsões na administração federal,

ocorreu em 2009, com oito demissões. Dos casos nacionais, 433 foram demissões de cargo efetivo, 57 destituições de cargo em comissão e 38 cassações de aposentadoria. São 1,54 exonerações por dia,

8,25% a mais que em 2010.

Embora a grande maioria (56,2%) dos casos de expulsão esteja relacionada à prática de corrupção, há

casos vinculados a outros problemas: 511 servidores (8,6%) foram expulsos por abandono do cargo e 288

(4,8%), por desídia (preguiça, desleixo). Outras 1.816 expulsões (30,5% dos casos) foram classificados como ?outros motivos?.

?A intensificação das expulsões decorre da determinação do governo de combater a corrupção e a

impunidade. Assim, a administração deixa de ficar apenas à espera da punição pela via judicial, que é

demorada, e passa, ela própria, a administração, a aplicar as punições de sua alçada?, explicou o Secretár io -Execut ivo da CGU, Luiz Navarro.

Fonte: Savia Barreto