Piauí ganha 36° Centro de Fisioterapia em Elesbão Veloso

Para a secretária Rejane Dias, esse é mais um dos importantes passos que o governo vem dando para garantir qualidade de vida para a população

A secretária para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid), Rejane Dias, acompanhada do secretário estadual da Saúde, Assis Carvalho, inaugurou na manhã desta segunda-feira, 29, no município de Elesbão Veloso, o 36º Centro de Fisioterapia e Reabilitação do Piauí. O Centro, que irá funcionar em um anexo do Hospital Regional Norberto Moura, faz parte da Rede Estadual de Reabilitação que vai contar com 40 centros de níveis de complexidade diferenciados, visando aumentar a resolutividade do sistema de saúde na área de reabilitação física e motora.

Para a secretária Rejane Dias, esse é mais um dos importantes passos que o governo vem dando para garantir qualidade de vida para a população. ?Uma obra grande é a que beneficia um número grande de pessoas. Essa é uma dessas obras que vai ajudar milhares de famílias dessa região. A meta é inaugurar até o final do ano 40 centros como este, mas são muitas as solicitações e já estou conversando com o governador do Estado para ampliar esse número?, revelou.

Orçada em R$ 248.679,04, sendo R$ 230.674,54 recursos do Tesouro Estadual, a obra vai beneficiar quase 2.400 pessoas nos municípios de Elesbão Veloso, Francinópolis, São Félix e Várzea Grande. O Centro de Fisioterapia foi todo equipado para beneficiar e atender as necessidades da região. ?A concretização da Rede Estadual de Reabilitação é uma das ações que merece destaque. Descentralizar o tratamento de pessoas que passam por reabilitação física tem grande importância em função do Piauí ser um Estado geograficamente extenso. Hoje, quem mora em Gilbués, a 797 quilômetros de Teresina, por exemplo, não precisa mais ir até Teresina em busca de tratamento. Ela pode fazer isso no seu próprio município e é isso que estamos fazendo de Norte a Sul do Estado?, frisou a secretária da Seid.

Para o secretário estadual da Saúde, Assis Carvalho, não há forma melhor de mostrar a preocupação do governo com a sua população do que investir em saúde. ?O governo tem priorizado muito a saúde em todas as áreas. Estamos, hoje, inaugurando mais um Centro de Fisioterapia que vai beneficiar milhares de famílias?. É através de ações como esta que o terceiro Estado do país com o maior número de pessoas com deficiência conseguiu reverter um quadro histórico e se tornar referência em atendimento.

Elesbão Veloso: 36º Centro de Fisioterapia e Reabilitação

Ao longo dos últimos anos, o Governo do Estado colocou a saúde como prioridade e multiplica ações nesse sentido. A Rede Estadual de Reabilitação nasceu de uma parceria entre a Seid, Secretaria da Saúde e Ministério da Saúde, baseado nas políticas de saúde da pessoa com deficiência. Desde 2004, o Piauí vem estruturando sua rede nos moldes da portaria nº 818-2001. Nesse sentido, a Rede visa oferecer às pessoas com deficiência serviços hierarquizados e regionalizados baseados nos princípios da universalidade e integralidade das ações de saúde.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br