Pimentel deve assumir Ministério do Desenvolvimento

Pimentel deve assumir Ministério do Desenvolvimento

Ex-prefeito de Belo Horizonte aceitou convite da presidente eleita para comandar pasta

O ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT-MG) deve ser confirmado nos próximos dias como o novo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Segundo o R7 apurou, o petista aceitou convite, feito na semana passada, pela presidente eleita, Dilma Rousseff, para comandar a pasta em sua gestão, que começa no início do próximo ano.

Saiba quem são os escolhidos de Dilma

Pimentel foi um dos responsáveis da campanha petista à Presidência, mas perdeu espaço na coordenação após ver seu nome envolvido na elaboração de um suposto dossiê contra o principal adversário de Dilma, o tucano José Serra. Ele, contudo, sempre negou as acusações e se manteve muito próximo à presidente eleita.

Além de coordenar a campanha do PT à Presidência, Pimentel disputou o Senado pela legenda em Minas Gerais, mas foi derrotado por Aécio Neves (PSDB) e Itamar Franco (PPS), ficando com a terceira colocação na disputa, após receber 23,98% dos votos.

Amigo pessoal de Dilma, ele será o ministro mais próximo à presidente eleita que, até esta terça-feira (7), havia confirmado oficialmente apenas 6 dos 37 ministros que integrarão sua equipe.

Ainda não há uma data para a oficialização do nome do ex-prefeito, porém, a previsão é que isso ocorra entre esta semana e a próxima.

Os nomes já confirmados para integrar o futuro governo são o do deputado federal Antônio Palocci, que assumirá a Casa Civil; além de José Eduardo Cardozo, que comandará o Ministério da Justiça; Gilberto Carvalho, que irá chefiar a Secretaria-Geral da Presidência; Guido Mantega, que permanece na Fazenda; Miriam Belchior, que assume o Planejamento e coordenará o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento); e Alexandre Tombini, promovido a presidente do Banco Central.

Fonte: R7, www.r7.com