Michel Temer poderá ser o vice de Dilma

Michel Temer poderá ser o vice de Dilma

Convite ao peemedebista foi feito pela própria Dilma no começo do mês durante um jantar

Os caciques do PMDB devem aproveitar uma reunião da Executiva Nacional marcada para as 11h desta terça-feira (18) para confirmar o pré-lançamento da vice-candidatura presidencial do atual presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (SP), na chapa encabeçada pela petista Dilma Rousseff.

A oficialização da candidatura, no entanto, será apenas em junho. O encontro servirá principalmente para organizar as convenções estaduais e afiná-las com a Convenção Nacional, marcada para o dia 12 de junho, data em que Temer será lançado oficialmente o vice-candidato à Presidência. A Convenção também será em Brasília, mas o local ainda não foi definido.

O anúncio só deve confirmar o nome que já se especulava desde que o PMDB decidiu se unir ao PT na campanha presidencial deste ano. Temer foi convidado a ser candidato a vice pela própria Dilma durante um jantar no dia 4 de maio. Questionado sobre o convite na época, o presidente da Câmara saiu pela tangente: - Não foi um convite, ela disse apenas que caso eu fosse o nome indicado pelo PMDB para ser vice na chapa que ela estaria politicamente feliz.

Apesar do acordo entre os partidos já ter sido fechado há bastante tempo, ontem Dilma cometeu uma gafe no final de uma entrevista que concedeu à rádio CBN em São Paulo. Ao dizer que Temer é competente para ocupar o posto de vice, ela afirmou que ele é presidente do Senado, vaga na verdade ocupada pelo também peemedebista José Sarney (AP).

- O Michel, sem sombra de dúvida, é uma pessoa qualificada. É presidente do Senado e tem toda uma trajetória, até aqui em São Paulo. O próprio Sarney já disse que o nome de Temer consolida a aliança entre PT e PMDB na campanha nacional. - O nosso candidato é o deputado Michel Temer, ele é o presidente do partido, ele tem uma liderança muito grande e, ao longo dos anos, trabalhou para se impor e ser indicado para essa posição.

Fonte: r7