PMDB e PSB disputam eleições em Oeiras

Apesar de aliados em plano estadual, PSB e PMDB travarão uma acirrada disputa no município.

O município de Oeiras vive um duplo clima de expectativa eleitoral. Em outubro, a população da cidade terá que ir às urnas duas vezes: na primeira, marcada para o dia 03, escolherá um governador, senadores e deputados, enquanto na segunda vez, no dia 17, elegerá o novo prefeito do município. Já foram definidas as chapas que concorrerão ao pleito suplementar ordenado no mês passado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI).

Apesar de aliados em plano estadual, PSB e PMDB travarão uma acirrada disputa no município. Aleksandra Tapety e Fatinha de Doutor deverão disputar pelo PMDB contra Lucano Sá e Marcelo Tapety, do PSB. Aleksandra ficou em segundo lugar nas eleições de 2008, perdendo para o candidato eleito com mais de 50% dos votos, Benedito Sá, o B.Sá (PSB). O pleito suplementar também é marcado por relações familiares, já que Lucano é filho do ex-prefeito cassado e Marcelo Tapety é irmão do ex-vice prefeito Mário Freitas.

Já Aleksandra é cunhada do deputado estadual Mauro Tapety (PMDB). A convenção do PSB está marcada para o próximo dia 03. O antigo presidente da Câmara de Vereadores, Antônio Portela Barbosa Sobrinho (PPS), tomou posse do cargo no último dia 15, no lugar do prefeito cassado. O TRE-PI determinou, por unanimidade, a cassação de B.Sá ainda em julho. Aleksandra Tapety, foi a autora da ação.

O ex-prefeito também recebeu uma multa de 30 mil Ufirs e foi acusado de captação ilícita de sufrágio, ou seja, compra de votos. Desde o pleito municipal de 2008, o Piauí já realizou eleições suplementares nos municípios de Barras, Baixa Grande do Ribeiro, Pimenteiras, Francinópolis, São Pedro, Nossa Senhora dos Remédios e Isaías Coelho. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte