PMT trabalha controle das despesas com melhoria de gastos

Teresina está iniciando agora a fase de revisão das despesas

Buscando manter os níveis de investimentos, em face das quedas de arrecadação do FPM, a Prefeitura de Teresina trabalha para manter o equilíbrio fiscal e melhorar a qualidade dos gastos, além de tentar aumentar sua arrecadação, sem aumentar impostos. O aumento da receita deve ser possível por meio da participação da capital no programa Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável, desenvolvido pela organização social Comunitas.

O programa Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável foi destaque na edição de 1º de outubro do jornal Valor Econômico. De acordo com a publicação, a capital piauiense está iniciando agora a fase de revisão das despesas, a partir da experiência de outros municípios no programa Juntos.

O trabalho do Juntos está concentrado nas prefeituras. “É essa a esfera de governo mais próxima da população e, portanto, a que pode oferecer benefícios mais rapidamente ao cidadão e com resultados fáceis de mensurar”, explica Regina Esteves, diretora-presidente da Comunitas, a organização social na qual nasceu e se desenvolve o Juntos, um coletivo formado por líderes de algumas das maiores companhias do Brasil para melhorar a gestão pública com base em suas experiências no setor privado.

O programa é desenvolvido em 12 municípios de seis Estados: Teresina (PI), Juiz de Fora (MG), Paraty (RJ), Curitiba (PR), e Pelotas (RS), além de Itirapina, Campinas, Santos, Brotas, Corumbataí, Limeira e São Carlos, todos em São Paulo.

Segundo o jornal, a primeira coisa a fazer, pelo Juntos, é ajudar o município a atingir o equilíbrio fiscal. Não há receita mágica. Pelo contrário, a fórmula é bem conhecida: melhorar a arrecadação e diminuir as despesas.

Fonte: Jornal Meio Norte