Polícia Federal irá apurar denúncias contra Orlando Silva e governador

A oposição quer ouvir Célio Soares Pereira, que afirmou à "Veja" ter entregue dinheiro ao próprio ministro na garagem do ministério.

O Ministério da Justiça vai determinar à Polícia Federal a abertura de um inquérito para investigar as acusações contra o ministro do Esporte, Orlando Silva. José Eduardo Cardozo afirmou que conversou com Silva por telefone e que determinará a abertura do inquérito no começo desta semana.


Polícia Federal irá apurar denúncias contra Orlando Silva e governador

Já o líder do DEM na Câmara, ACM Neto (BA), vai apresentar hoje um requerimento convidando o soldado da Polícia Militar do Distrito Federal, que acusou o ministro de participar de desvios de recursos da pasta, para falar na Casa. Silva afirmou que as acusações são uma "trama farsesca".

O ministro também deverá falar na Comissão de Fiscalização e controle sobre as acusações de que teria participação direta num esquema de desvio de recursos do programa Segundo Tempo, que distribui recursos a ONGs para projetos de incentivo à prática de esportes por jovens, segundo a revista "Veja".

A oposição quer ouvir também Célio Soares Pereira, que afirmou à "Veja" ter entregue dinheiro ao próprio ministro na garagem do ministério, em Brasília, no final de 2008.

Ferreira foi preso em 2010 pela Polícia Civil do Distrito Federal sob suspeita de envolvimento no desvio de recursos do mesmo programa.

Segundo nota divulgada ontem pelo ministro para se defender do conteúdo da reportagem da "Veja", atualmente o ministério "exige a devolução de R$ 3,16 milhões, atualizados para os valores de hoje".

Fonte: Folha.com