Políticos lamentam morte do Ex-Presidente Itamar Franco

Políticos lamentam morte do Ex-Presidente Itamar Franco

Ex-presidente Itamar Franco morre aos 81 anos em São Paulo



Lula, ex-presidente da República

"Mesmo nos momentos de divergência política mantivemos uma relação de profundo respeito e diálogo. Quando assumiu a Presidência em um momento conturbado, em 1992, teve sabedoria para dialogar com toda a sociedade brasileira e ajudou o país a entrar em uma rota positiva na política, na economia e no social. No seu governo implementou o Plano Real, o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e engajou o governo federal no combate à fome, com o apoio a Ação da Cidadania Contra a Fome, a Miséria e Pela Vida, junto ao sociólogo Herbert de Souza, o Betinho. A contribuição de Itamar Franco foi fundamental para a construção coletiva de um país democrático, mais justo e sem pobreza. Nesse momento de tristeza, prestamos solidariedade aos seus familiares e amigos"



Aécio Neves, senador PSDB-MG

"Itamar se despede de Minas e do Brasil deixando atrás de si um imenso vácuo de saudade e admiração. Foi um homem excepcional e singular naquilo que é tão precioso e tão raro na vida pública: a fidelidade aos seus princípios e convicções. Nunca foi omisso e, no exercício da Presidência e do governo, honrou as melhores tradições de Minas sendo implacável na defesa do interesse público. Os mineiros, em toda a sua sabedoria, prestaram a Itamar, sem saber que seria a última, uma homenagem que teve para ele um significado muito especial. Ao levá-lo de volta ao Senado Federal, Minas manifestou a ele todo o seu reconhecimento e respeito e permitiu que ele vivesse um momento de especial importância na sua vida. Nesse poucos meses, iluminou o Senado. Nesse poucos meses, graças aos mineiros, o Brasil se lembrou do valor de Itamar. Para mim pessoalmente trata-se de uma perda irreparável. Mantive com Itamar, ao longo dos últimos 10 anos, uma convivência próxima e amiga. Sou testemunha do seu incansável trabalho por Minas, assim como sou testemunha da sua lealdade. Poucos homens honraram a vida pública com tanta bravura. Ele costumava dizer que tinha por mim um afeto paternal. Me despedi de meu pai no final do ano passado. Me despeço de Itamar agora. E não posso deixar de lamentar, com grande tristeza, profunda e intimamente, como filho e cidadão, as perdas que Minas vem sofrendo"



Antonio Anastasia, governador de Minas

"Uma perda irreparável para Minas Gerais, não só pela sua trajetória política (...), mas em especial pelo seu senso político e público. Um homem que tinha, na realidade, uma vocação inacreditavelmente alta para a política e para fazer o bem. Um homem dedicado, de fato, às grandes causas do seu tempo. Defendeu Minas Gerais de maneira especial, enquanto senador, realizou um belo governo à frente do Estado, e como presidente da República será sempre lembrado como aquele que encerrou o ciclo da inflação como autor do Plano Real. Minas Gerais está em luto, estamos muito tristes com o falecimento do senador Itamar. Pessoalmente, perdi um grande amigo. Durante a campanha de 2010 tive a oportunidade raríssima de viajar Minas Gerais toda, lado a lado com Itamar Franco, aprendendo com ele, com seu ensinamento, sua experiência, com a sua maturidade. Mas, sobretudo, repito: com seu senso de serviço público, com seu senso de bem servir a Minas e ao Brasil. Aproximei-me muito do Senador sob o ponto de vista pessoal, tive nele um grande conselheiro. Itamar Franco deixará, permanentemente, na história de Minas, uma página de serviços prestados e a imagem de um homem dedicado, honesto, trabalhador, e sobretudo, sensível às causas sociais, aos mais simples, aos mais pobres"



Sérgio Cabral, governador do Rio

"Morre um grande brasileiro. Que deu ao Brasil as estabilidades política e monetária num momento crucial da vida nacional"



Cristovam Buarque, senador PDT-DF

"Itamar deixa 3 marcas fortes como presidente: não tolerou corrupção, recuperou autoestima do Brasil depois do impeachment e fez o Plano Real"



Roberto Freire, deputado federal (PPS)

"Itamar sempre primou pela ética na política e sua história é um exemplo para todos os brasileiros. Com sua firmeza e inteligência, assumiu a Presidência da República num dos momentos mais conturbados pós-ditadura [o impeachment de Fernando Collor] e deu início a uma verdadeira virada nos rumos do país. Foi com Itamar e o Plano Real, lançado em seu governo, que o país se livrou da inflação galopante, começou a se desenvolver e ganhar respeito internacional. O Brasil deve muito a esse grande homem"

Fonte: UOL