Pontos de Cultura formam uma teia estadual

A Teia Piauí 2010 vai acontecer de 25 a 27 de fevereiro e tem como objetivo promover a aproximação e o intercâmbio entre os 112 Pontos de Cultura do E

Os Pontos de Cultura do Piauí devem se reunir para discutir ações de políticas públicas. A inscrições para a participação no Encontro Estadual dos Pontos de Cultura, a Teia Piauí 2010, encerram-se ontem. Elas estavam sendo feitas pelo site da Fundação Cultural do Piauí (FUNDAC) e eram em nome do representante de cada entidade. Conforme indica o assessor técnico da Fundação Cultural do Piauí (Fundac) e coordenador do Programa Mais Cultura no Estado, Jairo Araújo, todos os Pontos de Cultura do Estado foram avisados, oficialmente, do período das inscrições e da realização da Teia Piauí 2010.

A Teia Piauí 2010 vai acontecer de 25 a 27 de fevereiro e tem como objetivo promover a aproximação e o intercâmbio entre os 112 Pontos de Cultura do Estado do Piauí. Devem constar nas temáticas discussões sobre suas possibilidades sociais e econômicas e realizar mostras de atividades e produtos. Além de ser um momento de avaliação e trocas de experiências acerca dos avanços e melhorias resultantes das ações que os Pontos de Cultura vêm operando no Piauí.

A articulação feita na Teia Piauí será apresentada no Encontro Nacional de Pontos de Cultura ? a Teia Brasil 2010, que está marcado para Fortaleza (CE) entre os dias 25 e 31 de março. ?Queremos fomentar uma maior integração entre o que é desenvolvido nos pontos de Cultura do Estado com os do restante do Brasil?, ressalta o coordenador do programa.

Com o encontro estadual, a fundação pretende consolidar o desenvolvimento das atividades culturais no Piauí. Até o final do ano passado 80 cidades tinham realizado a apresentação de projetos para a adesão aos Pontos de Cultura. Essa parceira é realizada entre o responsável pelo projeto, o Estado e o Ministério da Cultura, e o repasse aos aprovados é feito diretamente ao representante. ? Essa é uma forma de reduzir a burocracia e gera uma agilidade na concretização das ações?, reitera Jairo.

O projeto dos pontos de cultura recebem do Minc R$ 180 mil, esse recurso é parcelado em vezes, a cada etapa é destinado um valor de R$ 60 mil para cada Ponto de Cultura. Com esses repasses as atividades de cada iniciativa são colocadas em prática e graças a esses investimentos os municípios piauienses de várias regiões puderam se integrar nesses contexto de desenvolvimento social.

O investimento total no Piauí acumula em R$ 14.400 mi referindo-se ao contingente total de pontos de Cultura contemplados. ? Essa é uma experiência otimista, justamente porque nós podemos ver hoje pessoas capacitadas desenvolvendo manifestações culturais e e difundindo o programa?, finaliza Jairo Araújo. (T.T)

Fonte: Thays Teixeira