População adere campanha da FMS e leva cães e gatos para vacinação

A raiva é uma doença aguda do sistema nervoso central

A etapa urbana da Campanha de Vacinação contra a Raiva acontece durante todo o dia de hoje (12) em 377 postos espalhados em Teresina. A Fundação Municipal de Saúde  (FMS) tem como meta vacinar 115 mil cães e gatos somente na zona urbana neste sábado até às 17h.

Image title "Uma segunda etapa da campanha vai acontecer na zona rural da capital para atingirmos a meta geral que é de 135 mil animais imunizados. Dia 26 de setembro as zonas rurais Norte e Leste recebem nossas equipes de vacinação, já as zonas rurais Sul e Sudeste poderão vacinar os animais domésticos no dia 3 de outubro", disse Luciano Nunes, presidente da FMS.

Para Luiz Herlinton, veterinário da Gerência de Zoonoses de Teresina e coordenador da Campanha de Vacinação contra a Raiva, a melhor forma de prevenir a doença é vacinando os animais domésticos. "A Raiva tem alta letalidade e pode acometer a qualquer mamífero, inclusive os seres humanos. Como cães e gatos são transmissores e convivem com os homens devemos vaciná - los para assim, consequentemente, ficarmos protegidos", explicou o especialista.
 
A raiva é uma doença aguda do sistema nervoso central, que pode acometer todos os mamíferos. A única forma de prevenção é a vacinação dos cães e gatos domésticos, que podem ser transmissores da doença. Teresina não registra casos de raiva em seres humanos desde o ano de 1986. Já o último caso em animais aconteceu em 2011, com um cão que foi infectado no interior do estado.
 
“A vacina é a forma de prevenção mais segura contra a raiva, e para que possamos continuar com essa estatística positiva da doença em nossa cidade a melhor forma é a vacinação, que é disponibilizada para toda a população de forma gratuita”, enfatizou Luciano Nunes.

Fonte: Com informações do Ascom