População de Portugal vai às ruas para escolha de novo presidente

As pesquisas indicam uma vitória de Marcelo Rebelo.

 As seções eleitorais foram abertas às 6h (de Brasília) deste domingo (24) em Portugal para o pleito que determinará o próximo presidente da República do país.

Mais de 9,7 milhões de portugueses foram convocados às urnas para escolherem um dos dez candidatos a suceder o conservador Aníbal Cavaco Silva, um número recorde em 40 anos de democracia no país.

As pesquisas indicam uma vitória sem necessidade de segundo turno de Marcelo Rebelo de Sousa, do Partido Social Democrata (PSD), o mesmo de Cavaco Silva.

Seus principais rivais são ligados ao Partido Socialista, do atual primeiro-ministro António Costa. São eles António Sampaio da Nóvoa, ex-reitor da Universidade de Lisboa, e Maria de Belém, ex-ministra da Saúde.

Caso nenhum dos candidatos supere a barreira de 50% dos votos, os as eleições irão para o segundo turno, marcado para o próximo dia 14 de fevereiro. No último pleito, realizado em 2011 e marcado pela abstenção recorde, Cavaco Silva conseguiu a reeleição com mais de 53% dos votos.

As urnas fecham às 19h locais (16h em Brasília) na região continental de Portugal e na Ilha da Madeira. Devido ao fuso horário, elas permanecerão abertas por mais uma hora no Arquipélago dos Açores.

Escolha do presidente (Crédito: Reprodução)
Escolha do presidente (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1