Por delação, Marcelo Odebrecht desiste de pedido de liberdade

A sua desistência ocorreu na última quarta-feira (13).

O empresário Marcelo Odebrecht, preso há mais de um ano em Curitiba, foi convencido pelos procuradores da Operação Lava Jato a desistir da vontade de pedir liberdade impetrado por seu advogado. A ele foram dadas duas alternativas:  ou retirava o pedido de liberdade ou estavam encerradas as tratativas para o acordo de delação premiada que ele negocia com procuradores desde março, logo após ter sido condenado a 19 anos de prisão.

A sua desistência ocorreu na última quarta-feira (13) sem que o Ministério Público tivesse avaliado o perdido feito pela defesa de Marcelo.

O seu advogado, Nabor Bulhões, encaminhou ao juiz Sergio Moro um pedido afirmando que deixava de pedir a liberdade de Marcelo ‘por motivo que se encontra em sigilo judicial’.

Marcelo Odebrecht (Crédito: Reprodução)
Marcelo Odebrecht (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações da Folha de São Paulo