Pós-graduação no Semiárido é exemplo para outros estados

No Piauí, a Uespi firmou parceria com 15 Instituições para garantir a oferta do curso.

O curso de Especialização para Convivência com o Semiárido em Educação Contextualizada realizado no território Serra da Capivara é o pioneiro no Brasil e está servindo de modelo para outros estados brasileiros, como a Paraíba. Um dos objetivos da pós-graduação é oferecer formação continuada para profissionais em educação contextualizada para convivência com o Semiárido, visando atuação de forma comprometida, ética e responsável com a transformação da realidade.

A especialização é mantida pelas instituições conveniadas como prefeituras, Governo do Estado, instituições não-governamentais e Universidade Estadual do Piauí (Uespi) e despertou a atenção do Estado da Paraíba, que iniciará no mês de abril duas turmas nos municípios de Sumaré e Cajazeiras, ambos localizados no Semiárido paraibano.

De acordo com Conceição Silva, coordenadora de educação contextualizada da Secretaria da Educação e Cultura do Estado (Seduc), a especialização é o primeiro curso voltado para professores que estão em sala de aula e que ajudará na compreensão das questões relacionadas à convivência com o Semiárido. Esta especialização visa à atuação dos profissionais de forma comprometida, ética e responsável com a transformação da realidade da região baseando-se nas concepções da Rede de Educação para o Semiárido, afirma.

No Piauí, a Uespi firmou parceria com 15 Instituições para garantir a oferta do curso. A pós-graduação é realizada através da Rede de Educação do Semiárido Brasileiro (Resab), da Seduc, da Coordenadoria de Convivência com o Semiárido, Cenpec, Cáritas, Comissão Pastoral da Terra (CPT), Projeto Dom Helder, Cootape - Associados, Funsedh.

A pós-graduação, que teve início em junho de 2009, é realizada no campus da Uespi de São Raimundo Nonato e conta com 56 alunos matriculados e que fazem parte de 11 municípios do Território da Serra da Capivara.

São Raimundo Nonato ganhará mais 2 cursos de especialização, além dos municípios de Picos e Oeiras, que também serão agraciados com a pós-graduação em Educação Contextualizada. Entre outras disciplinas, o curso aborda a temática da preservação ambiental, flora e fauna da região, novas tecnologias para o desenvolvimento sustentável etc.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br