Pré-sal leva deputados a maratona na região

Júlio César e Castro estiveram esta semana em São Luís (MA), e se reuniram com deputados, prefeitos e a governadora Roseana

O movimento para aprovar as mudanças no novo marco regulatório do pré-sal na Câmara Federal, em fevereiro, tem tido a intensa participação dos parlamentares piauienses.

Além de divulgar no Estado a proposta de autoria dos deputados federais Humberto Souto (PPS-MG) e Ibsen Pinheiro (PMDB-RS), que promete R$ 1,4 bilhão por ano ao Piauí, os deputados Júlio César (DEM) e Marcelo Castro (PMDB) iniciaram uma maratona por todo o Nordeste.

Júlio César e Castro estiveram esta semana em São Luís (MA), e se reuniram com deputados, prefeitos, vereadores e a governadora Roseana Sarney (PMDB-MA). "Apenas na Associação de Prefeitos do Maranhão, fizemos uma palestra para mais de 30 prefeitos, onde pedimos o empenho deles para pressionarem os deputados que os representam na hora da votação em Brasília", explica o democrata.

O próximo passo será a visita à Bahia. "A maioria dos políticos com quem conversamos ainda não sabia como funcionava a questão da divisão dos royalties do pré-sal, então esse tipo de iniciativa é muito proveitosa", acredita o parlamentar, destacando que a viagem para Salvador deverá acontecer antes de fevereiro, quando começam as atividades no Congresso.

Marcelo Castro também esteve visitando o Ceará em uma palestra individual so-bre o pré-sal no início do mês. O deputado está confiante na vitória em plenário pois, enfatiza ele, "apenas um alienado e insensato votaria contra, seria uma indignidade". Castro destaca que a Constituição garante que tudo que existe no mar é bem da União.

"Temos o território do Piauí e do Rio de Janeiro, por exemplo, mas não temos mar piauiense ou mar carioca. O mar é brasileiro, assim como o subsolo, se é propriedade da União é de todos os brasileiros", exemplifica.

CAMPANHA - As visitas de Marcelo Castro a outros Estados já foram motivo de críticas de aliados do próprio PMDB, que destacaram que o empenho do pré-candidato peemedebista na questão do pré-sal é superior à dedicação com a candidatura a governador do Piauí.

O deputado, no entanto, pontua que retomará a agenda política no Estado ainda neste final de semana, viajando para as cidades de Alvorada do Gurguéia, Campo Grande, Caridade, São Francisco, São José do Peixe, Nova Santa Rita, Capitão Gervásio Oliveira.

"Estaremos retomando a viabilização da minha pré-candidatura a todo vapor". Ele assumiu que esteve afastado da sucessão estadual, mas defende que, além de pré-candidato, possui compromisso como deputado federal. "Essa é uma questão nacional, não podemos ficar indiferentes", argumenta. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte