Prefeito de Antônio Almeida é cassado e município terá novas eleições

Mais um prefeito piauiense perdeu o cargo ontem no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI)

Mais um prefeito piauiense perdeu o cargo ontem no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI). Dessa vez, o gestor municipal de Antônio Almeida, Alcebíades Borges do Rêgo e seu vice, Antônio César Pereira Damasceno, foram cassados por unanimidade pela Corte eleitoral. Esse já é o 43º prefeito com o mandato cassado desde 2008 no Piauí.

O recurso foi impetrado pela coligação ?A União que o Povo Quer? (PR/PMDB/DEM/PTB/PT/PDT), que alegou abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio, durante o pleito de 2008. Uma nova eleição suplementar será marcada na cidade, que possui 2.737 eleitores. O advogado de Alcebíades, Sigifrói Moreno, afirmou que o prefeito irá recorrer da sentença.

Antônio Almeida irá se somar aos municípios de Dom Expedito Lopes e Cristalândia, que devem ir às urnas para escolher os novos prefeitos no dia 07 de novembro, e Oeiras, cujo pleito extemporâneo está marcado para o dia 14 de novembro.

SESSÃO- O TRE-PI também realizará na próxima segunda-feira, 01, uma sessão especial, às 11 horas. As comarcas do interior também estarão abertas no primeiro dia após a votação do segundo turno no Estado, que escolherá o novo governador e presidente da República. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte