Prefeito de Teresina tem 2° menor salário do País; confira lista

Prefeito de Teresina tem 2° menor salário do País; confira lista

Prefeito de Teresina recebe salário de R$ 12.957, sem previsão de aumento a partir de 2013

O prefeito de Teresina recebe salário mensal de R$ 12.957, sem previsão de aumento a partir de 2013. O valor é o segundo menor do país, superando apenas o pago para o chefe do Executivo de Salvador, João Henrique (PP), que recebe R$ 10.400.

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), tem o maior salário entre os gestores no país com R$ 26.723,13. O valor recebido por Ducci é igual ao teto nacional do subsídio dos servidores, que tem como referência o salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).


Prefeito de Teresina tem 2º menor salário do País

Três prefeitos têm aumento garantido a partir do próximo ano: O prefeito eleito de Aracaju, João Alves (DEM), receberá R$ 24.000; em Florianópolis o salário passará para R$ 22.292,35 - o segundo turno na capital é disputado por César Souza Júnior (PSD) e Gean Loureiro (PMDB) - e em Belém a remuneração chegará a R$ 18.038,11 - a prefeitura é disputada no segundo turno por Edmilson Rodrigues (PSOL) e Zenaldo Coutinho (PSDB).

Em segundo lugar entre os prefeitos mais bem pagos aparecem São Luís, onde o prefeito João Castelo (PSDB) recebe R$ 25 mil, seguido por São Paulo, onde Gilberto Kassab (PSD) ganha R$ 24.117,62.

O subsídio do prefeito é fixado pela Câmara Municipal. As prefeituras informaram não haver benefícios no cargo, porque a lei veta qualquer remuneração acima do teto fixado pelas Assembleias.

Ainda segundo os dados fornecidos, há diferenças entre as capitais além do valor do subsídio. Em Manaus, a prefeitura informou que Amazonino Mendes (PDT) abriu mão do salário por ter aposentadoria de governador. Em Boa Vista, onde foi eleita Teresa (PMDB), o prefeito recebe verba indenizatória para transporte de R$ 3 mil.

Em Belo Horizonte, o reeleito Márcio Lacerda (PSB) diz que devolve parte do subsidio, no valor de R$ 2.305. Em São Paulo, a prefeitura afirma que Kassab doa parte dos seus vencimentos ao Hospital A. C. Camargo. Como prefeito ele tem direito a transporte oficial, o que inclui deslocamentos aéreos na cidade.

Fonte: Ananias Ribeiro