Prefeito foragido e acusado de corrupção é preso novamente

Delano Parente estava foragido desde a semana passada.

Na manhã desta terça-feira, dia 11 de outubro, o prefeito de Redenção do Gurgueia, Delano Parente (PP), foi preso em sua própria casa localizada no bairro Ilhotas, na zona Sul de Teresina. Delano Parente estava foragido desde a semana passada.

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) revogou a liminar que concedia liberdade ao prefeito, preso em julho deste ano durante a Operação Déspota por fraudes em licitação no mês de julho. 

De acordo com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Estado do Piauí, a prisão ocorre devido ao fato de que ele, o prefeito, estaria atrapalhando as investigações. Segundo o Gaeco, Delano foi levado para o Comando Geral da Polícia Militar, onde aguarda decisão da Justiça. 

Segundo as investigações, o prefeito é acusado de superfaturamento em obras públicas, emissão de notas fiscais frias, além da utilização de empresas de fachada. Os desvios de corrupção na gestão de Delano se aproximam de R$ 17 milhões, segundo os investigadores. 

Na operação Déspota foram presas, além de Delano, outras 14 pessoas.

Prefeito de Redenção do Gurgueia, Delano Parente (PP), (Crédito: Reprodução/ Facebook)
Prefeito de Redenção do Gurgueia, Delano Parente (PP), (Crédito: Reprodução/ Facebook)



Fonte: Portal Meio Norte