Prefeitura de THE e Governo alinham ações dos Planos Plurianuais

A plenária aconteceu nesta terça-feira no Tribunal de Constas do PI

Image title

A prefeitura de Teresina e o Governo do Estado realizaram nesta terça-feira (28), no Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) a Plenária Territorial do PPA objetivando alinhar o planejamento de ações visando contemplar prioridades de Teresina e dos municípios da RIDE grande Teresina.

Durante o encontro, as secretarias municipal e estadual de Planejamento apresentaram um resumo de suas ações e prioridades e os técnicos de cada área discutiram ações prioritárias a serem contempladas no PPA estadual. A Plenária Territorial do PPA contemplou as áreas de mobilidade urbana, desenvolvimento rural, saneamento básico e saúde.

“Importante essa união técnica entre a Prefeitura de Teresina e a de Timon e os governos estadual e federal na exploração de áreas prioritárias para o desenvolvimento da nossa capital e dos municípios da RIDE Grande Teresina. O país vive um período de crise, mas o planejamento é a longo prazo, por isso a relevância de buscar contemplar no PPA essas prioridades, porque esse é o primeiro passo para conseguirmos os recursos necessários aos investimentos. A Prefeitura de Teresina já apresentou suas demandas prioritárias à bancada federal, há cerca de 60 dias, com vistas a contemplá-las também no PPA federal”, explicou o secretário municipal de Planejamento e Coordenação, Washington Bonfim.

Para o secretário estadual de Planejamento, Antônio Neto, “o planejamento conjunto representa um salto de qualidade na formatação de um planejamento de estado, porque ouve e respeita as demandas das cidades e das regiões. Assim, é muito importante esse encontro com Teresina, para conhecer seu PPA e ver formas de contemplá-lo também no PPA estadual”, observou.

A Plenária Territorial do PPA reuniu cerca de 70 técnicos da Prefeitura de Teresina e do Governo do Estado do Piauí, além de representantes de órgãos federais e da Prefeitura de Timon. O evento foi uma realização da Prefeitura de Teresina e do Governo do Estado do Piauí, por meio de suas secretarias de Planejamento (SEMPLAN e SEPLAN, respectivamente).

Prioridades são Mobilidade urbana, saúde, desenvolvimento rural e saneamento básico

De acordo com o secretário Washington Bonfim, entre as ações prioritárias para a RIDE Grande Teresina está o rodoanel para ligar as BRs 316 e 226, ligando Teresina a Timon e reduzindo o tráfego de cargas pela região da Tabuleta, na capital, e pelo centro da vizinha cidade maranhense.

“O rodoanel é prioritário para a região, porque reduzirá o tráfego de veículos pesados na zona Sul de Teresina e por todo o centro de Timon. Para Teresina, uma das prioridades em mobilidade urbana é a duplicação da avenida Josué de Moura Santos, que interliga as zonas Norte e Leste da cidade. Na área de desenvolvimento rural, a Prefeitura tem avançado em melhoria das hortas comunitárias, com irrigação e reestruturação, mas pretendemos avançar ainda mais e oportunizar aos horticultores a produção de produtos orgânicos, que possui um mercado promissor e vai agregar mais valor à produção”, destacou Washington Bonfim.

O secretário enfatizou ainda o impacto positivo dos investimentos em saúde nos municípios do interior do Piauí e do estado do Maranhão: “A Prefeitura investe atualmente 35% de seu orçamento em saúde. Está claro que todos os investimentos realizados pelo Governo do Piauí em hospitais e unidades de saúde no interior do Estado, e pelos governos do Maranhão e federal nos municípios maranhenses terá um reflexo positivo no atendimento em saúde da nossa capital, já que diminuirá o fluxo de pacientes de outras cidades para Teresina. Esse também é um ponto prioritário, não apenas porque vai melhorar a saúde na capital, mas também porque dará mais segurança e conforto aos cidadãos residentes em outras cidades”, frisou.

Ao final, o secretário municipal de Planejamento e Coordenação falou sobre os desafios na área de saneamento básico em Teresina: “Um dos maiores desafios para o desenvolvimento de Teresina, hoje, é ampliar a cobertura de saneamento básico. Nos últimos 20 anos, nossa capital cresceu o equivalente a uma cidade de Parnaíba e a uma cidade de Floriano. Crescemos em população e espraiamos a cidade de forma horizontal. A cobertura de saneamento básico ainda é muito pequena e impede a verticalização da cidade. Precisamos aumentar os investimentos nessa área, porque não há como pensar uma cidade para as pessoas sem pensar e melhorar o saneamento básico, porque ele impacta diretamente nas condições de saúde e na qualidade de vida da população”, encerrou Washington Bonfim.

Fonte: Semcom