Prefeituras assinam contrato de adesão a plano

Plano Municipal de Educação pretende construir uma unidade para fortalecer as práticas de ensino e aprendizagem nas escolas do Piauí

Os prefeitos do Piauí estão aderindo à criação dos Planos Municipais de Educação. Ontem, na Associação Piauiense dos Municípios (APPM), prefeitos, secretários municipais de educação e representantes de entidades como a Secretaria de Estado da Educação e Cultura e do Ministério da Educação, se reuniram em encontro para assinaturas dos contratos.

O representante do Ministério, Geraldo Grossi Junior, ministrou palestra explicando os passos para a elaboração do projeto.

O evento foi realizado pela União dos Dirigentes Municipais de Educação do Piauí (Undime).

?Este é um momento histórico na educação do Piauí. Através da articulação entre as esferas municipal, estadual e federal poderemos construir uma unidade, que irá fortalecer as práticas de ensino e aprendizagem nas escolas.

A educação é quem forma cidadãos e é fundamental para ajudar na melhoria da qualidade de vida da população?, destacou a presidente da entidade Cleidimar Tavares.

Segundo ela, a Secretaria de Articulação com os Sistemas de Ensino do Ministério da Educação disponibilizou aos estados a oportunidade de ampliar o número de municípios para receberem orientação, capacitação e monitoramento na elaboração ou adequação dos Planos Municipais de Educação. ?Antes, apenas 20 cidades tinham sido contempladas, mas agora, todos os 224 municípios piauienses foram convocados para a adesão?.

O prefeito de Floresta do Piauí, Avelar Lopes, representou o presidente da APPM, Arinaldo Leal, no encontro. Ele ressaltou a importância de aderir ao Plano.

?Os municípios têm os seus dirigentes municipais, que estão empenhados para construir os planos, mas nós gestores é quem temos que nos empenhar para executá-los. Desejo sucesso na criação e na elaboração desses trabalhos e quero reforçar que a APPM está sempre disposta a colaborar?, disse.

Os planos terão projeções para a próxima década. O planejamento em longo prazo permite que sejam inseridas diversas metodologias, ações e estratégias para dar mais qualidade às práticas de ensino e reduzir problemas. Com isso, municípios, estado e governo federal devem atuar em conjunto para que sejam alcançadas as expectativas.

No Piauí, o Governo do Estado, através da Seduc, vem trabalhando em parceria com os municípios para que os resultados sejam refletidos nos indicadores educacionais.

No encontro, o superintendente de Ensino, Edjofre Coelho, representou o secretário estadual da Educação, Átila Lira.

Na ocasião, ele reafirmou o compromisso da Secretaria com o auxílio aos municípios para ajudar na melhoria da qualidade do processo de ensino e aprendizagem.

?A Seduc vem reforçar a cooperação que tem feito aos municípios, não só na realização do Plano, mas também no desenvolvimento de todos os programas nas cidades do Piauí.

Sobre o plano, é importante destacar que uma gestão precisa ser planejada. Exemplo disso são as escolas públicas de sucesso que temos no Piauí. Por trás dos bons resultados, sempre existe um planejamento bem elaborado?, afirmou.

Fonte: Raimundo Gomes