Presidente Dilma Rousseff lamenta atentados na Noruega

Presidente enviou mensagem ao primeiro-ministro do país.

A presidente Dilma Rousseff enviou na tarde desta sexta-feira (22) uma mensagem ao primeiro-ministro da Noruega em que lamenta os atentados que ocorrerram no país neste dia. No texto, a presidente diz que recebeu com "profunda consternação" a notícia.

Dilma disse também que o governo, em nome do povo brasileiro, apresenta "os sinceros sentimentos de pesar e solidariedade ao Reino da Noruega e às famílias das vítimas."

A polícia da Noruega confirmou que 9 ou 10 pessoas morreram após um homem abrir fogo em um comício da juventude trabalhista em uma ilha de Oslo. O ataque, segundo Sveining Sponheim, vice-chefe da polícia, tem conexão com o ataque a bomba que destruiu prédios do governo norueguês, ocorrido antes, na capital, e que deixou aos menos 7 mortos e 15 feridos, 2 deles graves.

O homem foi preso após abrir fogo a esmo contra jovens em um acampamento de verão do Partido Trabalhista, com cerca de 700 participantes, na ilha de Utoeya, na periferia da capital.

O ministério das Relações Exteriores também divulgou nota na qual transmite "sincera expressão de condolências e solidariedade."

"Ao condenar com veemência os atentados, o Governo brasileiro reitera seu mais enérgico repúdio a todas as formas de violência contra populações civis e representantes do Poder Público", disse o ministério.

Leia íntegra da nota da Presidência abaixo.

"Mensagem da Presidenta da República ao

Primeiro-Ministro da Noruega, Jens Stoltenberg

Senhor Primeiro-Ministro,

Foi com profunda consternação que recebi a notícia dos atentados ocorridos hoje, 22 de julho, na Noruega.

Gostaria de estender, em nome do governo e do povo brasileiros, nossos sinceros sentimentos de pesar e solidariedade ao Reino da Noruega e às famílias das vítimas.

Mais alta consideração,

Dilma Rousseff

Presidenta da República Federativa do Brasil"

Fonte: g1, www.g1.com.br