Presidente do PT diz que punição para ministro é “sem sentido”

O imbróglio entre os membros da sigla e Padilha foi resultado da divulgação no horário eleitoral gratuito no rádio e na TV

O pedido de punição que os petistas piauienses fizeram ao PT nacional para o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, foi classificado pelo presidente nacional do partido como ?sem sentido?. O imbróglio entre os membros da sigla e Padilha foi resultado da divulgação no horário eleitoral gratuito no rádio e na TV de uma mensagem do ministro pedindo votos para o candidato do PP ao Senado Federal, Ciro Nogueira, enquanto o PT tem dois candidatos no Estado ao cargo de senador, o ex-governador Wellington Dias e o deputado federal Antônio José Medeiros.

?Presidente do PT, José Dutra, ficou insatisfeito com a decisão do diretório do Piauí de pedir punição. Obrigado meu presidente?, disse Alexandre Padilha, no Twitter. Em seguida, o ministro acrescentou que considera o episódio superado. ?Para mim, o episódio passou. Companheiros, vamos concentrar energia em manter o Piauí no rumo certo e eleger dois senadores de Lula?.

Padilha ressaltou a importância da estratégia nacional da legenda e disse que tem ?orgulho de ser petista?, mas é responsável pela relação de 17 partidos que apóiam o presidente Lula. Já Dutra frisou que ?Ciro Nogueira é da base de apoio ao governo Lula e está com Dilma [Roussef, candidata à Presidência pelo PT]?. O presidente do PT pontuou ainda que o presidente Lula ?também grava programa para aliados de outros partidos. Isso não tem problema? .

Enquanto Dias e Antônio José fazem parte da coligação ?Para o Piauí seguir mudando?, encabeçada pelo governador Wilson Martins (PSB), Ciro integra a coligação ?Por um Piauí Novo?, do candidato a governador João Vicente (PTB). Na última quarta-feira o diretório estadual do PT comunicou que pediu a punição de Padilha à comissão de ética da sigla por ?infidelidade partidária?, já que ele pediu votos para um candidato de outra coligação.

No vídeo em que pede apoio à Nogueira, o ministro diz que Dilma vai precisar de senadores comprometidos com a construção de um país cada vez mais forte e mais justo. ?Peço seu voto para Ciro Nogueira. Parceiro de Dilma, parceiro de Lula?, afirmou. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte