Presidente do PT rebate Aécio Neves e nega campanha antecipada de Dilma Rousseff

Presidente do PT rebate Aécio Neves e nega campanha antecipada de Dilma Rousseff

"Eu prefiro falar que acabamos de concluir um programa que retirou 22,5 milhões de pessoas da miséria"", disse ele

O presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Rui Falcão, afirmou nesta segunda-feira que os governos de Luiz Inácio Lula da Silva e de Dilma Rousseff superaram as gestões anteriores em todos os setores. As declarações aconteceram no dia em que o senador Aécio Neves (PSDB-MG), potencial candidato à Presidência, afirmou que a presidente Dilma "tirou os olhos de 2013 e focou em 2014", e que o governo "acha que pode acabar com a pobreza por decreto".

"Eu prefiro falar que acabamos de concluir um programa que retirou 22,5 milhões de pessoas da miséria. Esse é um fato. Vamos perguntar para essas pessoas como elas se sentem", afirmou Falcão, acrescentando que não comentaria as declarações de Aécio. "Eu quero falar sobre as nossas realizações e continuar fazendo comparações com um governo que deu certo, com muito mais realizações do que os governos que nos antecederam", disse o presidente do PT.

Rui Falcão preferiu não comentar as acusações de que Dilma Rousseff estaria antecipando a campanha pela reeleição à Presidência. "A presidente está olhando para os brasileiros e brasileiras que querem ter novas oportunidades. Ela vem abrindo espaço para isso, e ela está governando muito bem. E nós queremos que ela possa continuar trabalhando", afirmou.

Indagado sobre a declaração de Aécio Neves de que "o governo levou à bancarrota patrimônios públicos como a Petrobras", Falcão rebateu: "não tenho nada a dizer sobre isso. Deixa ele falar. Eu estou a favor do Brasil, a favor da Petrobras. Contra a privatização da Petrobras, que esteve ameaçada durante o período anterior".

Fonte: Terra