Presidente Lula está bem, mas "muito cansado", diz médico

Presidente Lula está bem, mas "muito cansado", diz médico

Lula teve um aumento de pressão arterial na noite de quarta, que foi controlado com remédios

O médico cardiologista Roberto Kalil Filho disse nesta quinta-feira (28) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está bem, mas "muito cansado".

Kalil Filho recebeu Lula nesta manhã no Pavilhão das Autoridades do Aeroporto Internacional de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, e conversou rapidamente com o presidente.

"O presidente está bem cansado, assim como eu, pois não dormimos a noite inteira. O presidente é uma pessoa saudável", afirmou o médico.

De acordo com o médico cardiologista, Lula teve um aumento de pressão arterial na noite de quarta, que foi controlado com remédios ainda no Recife, onde o presidente estava. "Fizeram uma avaliação clínica no Recife e acharam por bem dispensá-lo porque estava tudo bem", disse Kalil Filho.

De acordo com o médico, o exame de saúde geral de Lula estava previsto para ocorrer no início do ano e deve ser realizado nos próximos dias. Eu gostaria que essa avaliação fosse feita o mais rápido possível, nos próximos dias", acrescentou.

Lula teve a crise de hipertensão quando estava no avião que o levaria para o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. Ele foi internado no Real Hospital Português de Beneficência (RHP), na capital pernambucana, onde passou a noite.

Ele já está em seu apartamento em São Bernardo do Campo, no Grande ABC, onde passará o fim de semana.

Segundo a assessoria da Presidência, todos os compromissos oficiais que o presidente teria até domingo (31) estão cancelados. A agenda deve ser retomada na segunda-feira (1º).

Recife

Lula realizou exames no início da madrugada e, por volta das 3h, já descansava e tinha a pressão normalizada. Em princípio, segundo a assessoria, o presidente não deve passar por novos exames médicos em São Paulo.

Na quarta, Lula participou de eventos ao lado da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à Presidencia. Em um dos eventos, a inauguração de uma unidade médica, fazia muito calor, de acordo com relatos da imprensa do Recife.

À noite, Lula foi a um jantar com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, no Palácio do Campo das Princesas.

A assessoria do presidente informou que Lula cumpriu agenda no Recife ?cansado e indisposto?. Ao deixar o jantar com o governador Eduardo Campos, ele continuava indisposto.

Segundo a assessoria informou ao G1, Lula estava dentro da aeronave quando o médico detectou o quadro de crise hipertensiva.

O médico aconselhou, então, Lula a ir ao Hospital Português e fazer uma bateria de exames. Ele passou por um eletrocardiogama, um raio-x no tórax, uma tomografia de tórax, um ecocardiograma e exames de sangue. Segundo a assessoria, os resultados não apontaram qualquer problema adicional, a não ser a pressão alta.

Os assessores informaram ainda que Lula foi medicado com diuréticos e sua pressão já estava normalizada em 13 por 8 por volta das 3h.

Fonte: g1, www.g1.com.br