Presidente Lula rebate críticas sobre sua aproximação com o Irã

Presidente Lula rebate críticas sobre sua aproximação com o Irã

Presidente diz que irá dizer a Ahmadinejad o que pensa sobre o assunto

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva rebateu nesta sexta-feira (7), em Pernambuco, as críticas que vem recebendo por sua aproximação com o regime do Irã, país que é suspeito de burlar as normas de não-proliferação nuclear.

Após participar de cerimônia em Suape (PE), o presidente disse que o Brasil está consciente do que está fazendo, e defendeu o uso da tecnologia nuclear no Irã para fins pacíficos.

?Se você conversar com o presidente Barack Obama (Estados Unidos), com o (Nicolas) Sarkozy (França), com a chanceler Angela Merkel (Alemanha), com o (Silvio) Berlusconi (Itália), com o Gordon Brown (primeiro-ministro britânico), com quem quer que seja, nenhum deles chamou o (Mahmoud) Ahmadinejad para conversar. Eu que sou político e vou lá pessoalmente dizer ao presidente do Irã o que eu penso, o que eu acho que ele deveria fazer. O Brasil tem na sua Constituição a proibição de não utilização de armas nucleares. Eu quero que o Irã não tenha o direito de usar armas nucleares. O Brasil tem o direito de utilizar energia nuclear. Eu quero que o Irã utilize uma energia nuclear. É isso?, afirmou Lula.

Fonte: g1, www.g1.com.br