Presidente regional do PTB pede que governo apoie Fábio Abreu

Paes Landim defende que o governador deve dar reajuste

O presidente regional do PTB, deputado federal Paes Landim, afirmou que o governador Wellington Dias (PT) o trata com deferência todas as vezes que o encontra, mas isso não se reflete na ação política porque acha que o governo não está prestigiando o PTB.

Paes Landim acha que o Governo do Estado deve ajudar mais o deputado federal Fábio Abreu na Secretaria Estadual de Segurança, porque a Polícia Militar precisa de, no mínimo, mais de 2 mil soldados porque atualmente o Piauí tem um efetivo na Polícia Militar menor do que no período do ex-governador Hugo Napoleão, que tinha 8 mil policiais militares e hoje o Governo do Estado tem 5,5 mil.

“As pessoas estão morrendo, se aposentando e não estão sendo repostas na Polícia Militar. O capitão Fábio Abreu precisa de, no mínimo, mais 2 mil soldados para a Segurança Pública porque o Piauí é o Estado que tem, proporcionalmente, menor número de policiais por habitantes entre os Estados do Brasil”, falou Paes Landim. Ele acha que o Piauí depende mais do próprio Piauí, do governador Wellington Dias, mais do que do Governo Federal.

Paes Landim defende que o governador Wellington Dias deve dar uma reajustada em seu governo. “Eu acho que o governador Wellington Dias petetizou demais o governo dele e deixou em segundo plano o PTB, que foi um partido fundamental para sua eleição e o nosso espaço é muito pequeno. O PT ocupou os postos mais importantes do Estado ficando com as Secretarias Estaduais da Fazenda, da Educação, da Saúde, da Agricultura, da Cultura, tudo, enfim.

Você vê que a presidente Dilma chamou para o Ministério da Fazenda um homem do mercado; a Educação foi dada para uma pessoa da universidade, da academia e distribuiu melhor do que o Wellington no Piauí”, afirmou o deputado federal.

Paes Landim falou que o governador Wellington Dias prestigiou os deputados do PTB, mas o PT avançou em todos os cargos do Governo do Estado nos municípios.

Fonte: Francy Teixeira