Procurador segue passo de pré-candidatos no Twitter

A popularização do Twitter entre os políticos piauienses está chamando a atenção da Justiça Eleitoral

A popularização do Twitter entre os políticos piauienses está chamando a atenção da Justiça Eleitoral. O procurador regional eleitoral, Marco Aurélio Adão, revelou que tem acompanhado o passo dos pré-candidatos nas eleições de outubro no microblog Twitter, que permite a postagem de mensagens de até 140 caracteres. ?Quem troca mensagem no Twitter faz de livre e espontânea vontade. Nossa equipe está acompanhando?, pontua Adão.

Segundo ele, ?quando os políticos começam a abusar pedindo votos?, é a hora em que o Ministério Público deve intervir. ?A internet é um meio em que as regras aplicadas à TV e ao rádio em relação à propaganda extemporânea, são diferenciadas, existindo mais liberdade?, ressalta Marco Aurélio. O procurador lembra que o Twitter não pode ser usado como ?meio de propaganda?.

Ele destaca que todos os casos em que o MPE acusou os políticos de propaganda fora do prazo legal, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI), acatou as indicações e multou os pré-candidatos a cargos majoritários e proporcionais. A lista de ?tuíteiros? políticos vai do governador Wilson Martins (PSB) ao ex-prefeito de Teresina, Sílvio Mendes (PSDB), passando por vereadores, deputados e prefeitos piauienses.

Processos- A quantidade de processos parados relacionados ao pleito de 2008 também será motivo de uma reunião entre o procurador, juízes eleitorais e o corregedor do Tribunal, o desembargador Haroldo Rehem, marcada para maio. ?Os atrasos ocorrem muitas vezes porque as testemunhas moram em outra zona, ou porque existe carência de servidores. Nosso objetivo é tentar solucionar essas questões?, diz Adão. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte