Procuradoria prepara ação contra ex-governador do Distrito Federal

A informação é da reportagem de Leandro Colon e publicada na edição deste domingo da Folha.

Ficou pronta a denúncia que levará à Justiça os envolvidos no maior escândalo de corrupção da história do Distrito Federal, o mensalão do DEM, que levou à queda do governador José Roberto Arruda em 2010. Pelo menos 25 pessoas devem ser denunciadas ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) por formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva, e lavagem de dinheiro.

A informação é da reportagem de Leandro Colon e publicada na edição deste domingo da Folha (a íntegra da reportagem está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

ESCÂNDALO

O caso estourou em novembro de 2009, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Caixa de Pandora. Vídeos gravados por Durval Barbosa revelaram a distribuição de dinheiro a políticos, entre eles o próprio Arruda, que acabou cassado pela Justiça Eleitoral por ter deixado seu partido, o DEM.

A PF apontou indícios de vários crimes cometidos e descreveu Arruda como o chefe da "organização criminosa" no relatório. A polícia encerrou a Operação Caixa de Pandoraem abril de 2010 e enviou à procuradora Raquel Dodge o relatório final, em agosto do mesmo ano.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br