Programa beneficia famílias de baixa renda

Serão construídas casas de 2 quartos, sala, cozinha e banheiro, um investimento na ordem de R$ 10 milhões

O diretor geral da ADH, Marcelino Fonteles e o superintendente regional da Caixa, Raimundo Nonato Andrade, estiveram nesta segunda-feira, 15, reunidos na quadra da ADH para a assinatura de 1.000 contratos do programa Semeando Moradia que beneficia famílias de baixa renda que ganham até 1 salário mínimo.

Serão construídas casas de 2 quartos, sala, cozinha e banheiro, um investimento na ordem de R$ 10 milhões com contrapartida do Governo do Estado no valor R$ 1,5. ?Hoje eu moro numa casa de taipa com chão batido, mas em breve estarei numa casa decente?, declara, a autônoma Marta de Araújo Silva, 39 anos, mãe de 3 filhos e beneficiada com o Programa Semeando Moradia.

O presidente da Associação de Moradores do Parque Dagmar Mazza, Antonio de Castro Sousa, conhecido por Tatá, também esteve acompanhando a solenidade de assinatura de contratos. ?Conseguimos casas para 78 famílias que moram em precárias condições, isso é uma vitória muito grande, representa 6 anos de luta?, afirma orgulhoso, seu Tatá.

Para o diretor geral da ADH, Marcelino Fonteles, esse é um dos momentos de maior satisfação. ?Só comparo esse dia ao da entrega das chaves, porque isso não é apenas o sonho da casa própria, é o sonho do emprego e da dignidade?, disse ele, acrescentando que hoje em Teresina não tem pedreiro desempregado. ?Até o próximo mês vamos alcançar a meta de 100 mil casas construídas de 2003 até agora. É algo muito significativo e repito: só atingimos esse número porque o governador Wellington Dias tem compromisso?, ressaltou.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br