Programa Federal Minha Casa, Minha Vida será alvo de inquérito, informa PF

Pedido de investigação foi feito pelo ministro das Cidades ao da Justiça

A Polícia Federal informou que abrirá nesta terça (7) um inquérito para apurar denúncias de irregularidades no programa de habitação Minha Casa Minha Vida. O pedido de abertura de inquérito foi feito no último dia 27 pelo ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

saiba mais

Ministério pede que PF investigue denúncias no Minha Casa, Minha Vida

A solicitação do ministro aconteceu no mesmo dia em que o jornal "O Globo" publicou reportagem apontando supostas fraudes no programa. Segundo o jornal, pequenas empresas subcontratadas pagariam propina para construtoras participantes do programa em municípios de até 50 mil habitantes.

A assessoria da Polícia Federal informou que, antes da instalação do inquérito, foi realizada uma investigação prévia.

Na reportagem, o jornal "O Globo" aponta que a empresa RCA Assessoria atuaria como correspondente bancária de outras sete menores instituições financeiras, autorizadas a fazer o repasse de verbas federais do programa habitacional em cidades com menos de 50 mil habitantes. De acordo com o jornal, a RCA Assessoria, composta por ex-funcionários do ministério das Cidades, nega as denúncias.

Em nota divulgada no último dia 27, o Ministério das Cidades declarou que abriu sindicância no dia 16 de abril e solicitou auditoria no programa por parte da Controladoria-Geral da União (CGU).

?A vigilância permanente é fundamental para garantir a transparência e a correção na aplicação dos recursos do programa MCMV, reconhecido internacionalmente por atender a população de baixa renda e gerar impacto positivo na economia do país?, dizia a nota.

Fonte: G1