Propaganda encerra com 154 processos no TRE

A Comissão é formada pelos juízes auxiliares Haydée Castelo Branco, José Acélio Correia e Sandro Helano

A transmissão de propaganda eleitoral no rádio e na TV termina hoje, mas a Comissão de Propaganda do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) ainda soma 154 ações para serem julgadas. A Comissão é formada pelos juízes auxiliares Haydée Castelo Branco, José Acélio Correia e Sandro Helano e já avaliou desde o dia 17 de agosto 110 processos de um total de 280 ações protocoladas, segundo os dados fornecidos pelo TRE-PI. Entre os casos que aguardam o crivo dos magistrados estão pedidos de multa, retirada de propaganda e direitos de resposta.

Na sessão desta quinta-feira do TRE-PI serão avaliados as ações dos candidatos que não concordaram com a decisão monocrática dos juízes auxiliares e entraram com recursos na Corte eleitoral. De acordo com informações da Comissão de Propaganda, os processos vão continuar a serem julgados até a data da diplomação dos candidatos, apesar do fim da propaganda. Muitos advogados, no entanto, já estão pedindo o arquivamento dos processos, principalmente aqueles relacionados à perda de tempo na propaganda dos adversários.

TELÕES- A divulgação dos resultados do pleito do próximo dia 03 para os eleitores de Teresina irá ocorrer além da internet, do site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e dos portais que firmaram parceria com a Justiça Eleitoral, em três telões de 200 polegadas em frente ao prédio do TRE-PI. Terão acesso às dependências do TRE-PI delegados de partidos, advogados, jornalistas e candidatos previamente cadastrados.

VOTO EM TRÂNSITO - Os eleitores que se cadastraram para votar em trânsito terão cinco urnas instaladas em Teresina. Os locais escolhidos foram o Aeroporto de Teresina, Terminal Rodoviário, Teresina Shopping e Instituto Federal de Educação. Ao todo, 2789 eleitores se habilitaram para votar em trânsito no Estado. Eles poderão escolher somente o candidato a presidente e aqueles que não fizeram o registro, mas estarão em trânsito no próximo dia 03, deverão justificar a ausência na votação à Justiça Eleitoral. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte