PSB do Tocantins convida Luxemburgo para se filiar

Para formalizar o convite, ele disse que organiza um encontro - possivelmente um jantar - entre o técnico e o presidente estadual da legenda

O PSB do Tocantins convidou o técnico de futebol Vanderlei Luxemburgo, que recentemente assumiu o comando do Santos, para ingressar no partido, informou o secretário de Esportes de Palmas (TO), Kairo Bernardo. Integrante da Executiva estadual da legenda, Bernardo afirmou que fez o convite a Luxemburgo no último fim de semana.

Para formalizar o convite, ele disse que organiza um encontro - possivelmente um jantar - entre o técnico e o presidente estadual da legenda, o deputado federal Laurez Moreira, em "22 ou 23 agosto" . Em 23 de agosto (domingo), Luxemburgo estará em Goiânia, onde o Santos enfrentará o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro.

Segundo Bernardo, porém, o eventual convite não implica, necessariamente, uma candidatura do treinador na eleição de 2010.

"Ele (Luxemburgo) gostou do convite, falou que é um partido que ele vê com bons olhos desde os tempos de Miguel Arraes (um dos fundadores do PSB). Mas é um convite para que ele venha a se filiar pelo partido e não ser candidato diretamente. Primeiro precisamos ver se essa é a intenção dele. Mas queremos que ele participe das discussões do partido, auxiliando o partido no Tocantins. Ele gostou da idéia e ficou de pensar", afirmou o secretário de Esportes de Palmas.

Por meio de sua assessoria de imprensa, Luxemburgo afirmou que não quer fazer comentários sobre política e que está concentrado no trabalho no Santos.

Ao ser apresentado como novo treinador do Santos, no último dia 20, Luxemburgo foi questionado sobre uma eventual candidatura a senador pelo PT do Tocantins.

"Tocantins é um lugar maravilhoso, ótimo para pescar, para passar as férias. É a chance de conhecer um Brasil diferente. Recomendo. Tenho um trabalho social lá, que é levar o futebol para crianças carentes. Por isso, tenho ido para lá. Sobre ser senador, não existe [possibilidade]. Agora, nunca sabemos o que vai acontecer amanhã. Não sou apolítico. Acompanho, me interesso. Mas, por enquanto, sou técnico de futebol. No futuro, não sei...", declarou o técnico na ocasião.

Presidente do PSB no estado, o deputado Laurez Moreira disse que ainda não conhece pessoalmente Luxemburgo, mas que tem respeito por ele. "Ele é um nome nacional. É um nome que tem o respeito da gente. Mas tem de ver se ele tem interesse (em entrar no partido)", avaliou.

PT

De acordo com o presidente do PT em Tocantins, Donizete Nogueira, o partido "veria com bons olhos" o interesse do técnico em ingressar na legenda. "O Vanderlei Luxemburgo tem dado uma contribuição positiva para o estado, mas eu, como presidente do PT, não tive uma conversa política com ele."

Nogueira afirmou que o partido não pensa em considerar o nome do técnico para o Senado apenas porque supostamente seria um nome competitivo. "Quem conhece o PT sabe que o partido não age dessa forma. Tudo deve ser bem discutido para que não haja trepidação."

Atualmente, no Tocantins, nem PSB nem PT têm representantes no Senado. Os três senadores pelo Tocantins são do PR, PMDB e DEM. Na Câmara, o PT também não tem nenhum deputado pelo estado. O PSB só tem um, o deputado Laurez Moreira.

Fonte: g1, www.g1.com.br