"PSB é independente", diz Rodrigo Martins sobre candidatura à PMT

"Devemos sim ouvir o governador Wilson Martins, que é o presidente do partido", avisou Rodrigo Martins.

Defensor da candidatura própria do PSB à Prefeitura Municipal de Teresina, o vereador Rodrigo Martins (PSB), que passará a ocupar agora o cargo de presidente municipal da legenda, afirmou ontem que uma eventual candidatura da legenda à PMT não está condicionada a candidatura própria de outros partidos, como o PT. Ele também admitiu que os acordos para a formação de uma coligação que disputará o pleito de 2012 estão diretamente relacionados às eleições majoritárias de 2014.



?O PSB tem total independência no município, mas devemos sim ouvir o governador Wilson Martins, que é o presidente do partido. É impossível falar de 2012 sem falar também das eleições de 2014, mas não é nada determinante. Sabemos que a decisão de 2012 afetará os cenários em 2014?, argumentou o vereador.

Ele lembrou que seu nome e o do presidente da Câmara Municipal, Edvaldo Marques (PSB), são alguns dos quadros disponíveis no PSB para encabeçar uma chapa rumo ao comando do Palácio da Cidade. Rodrigo também frisou que a legenda tem uma postura de independência em relação ao prefeito Elmano Férrer (PTB) na Câmara Municipal. ?Estamos muito a vontade com o prefeito, e temos uma boa relação institucional e pessoal. Não temos do que reclamar do Elmano?, disse.

Rodrigo Martins destaca que o mês de setembro será decisivo para as articulações políticas, já que é até o dia 30 que os possíveis candidatos ao pleito do próximo ano terão para se filiarem. ?Já aconteceu uma conversa com o deputado Firmino Filho, do PSDB, o que não quer dizer que vai definir uma coligação. É muito mais fácil compor com um partido que possui ligação com a base do Governo estadual do que com um que não tem, mas não é algo impossível?, enfatizou.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte