"PSB mantém candidatura de Ciro", diz Eduardo Campos

Eduardo Campos também fez questão de frisar que: "Se tivermos de ter candidatura, vamos ter. É uma decisão do PSB"

O governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, reafirmou, nesta sexta-feira, 9, que a pré-candidatura do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) está mantida e que não "há nenhuma alteração". O líder socialista revelou que pesquisas de intenção de votos realizadas recentemente sustentam a tese acordada com o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva, antes mesmo do lançamento da pré-candidatura do PSB.

- Discutimos com Lula e ele entendia que, na nossa visão, era mais estratégico ter duas candidaturas. Acompanhamos os fatos através de pesquisas e vimos que isso efetivamente deixou o campo da oposição mais restrito. Na semana passada, fechamos mais uma pesquisa quantitativa e qualitativa e observamos que temos tempo.

Eduardo Campos também fez questão de frisar que: "Se tivermos de ter candidatura, vamos ter. É uma decisão do PSB", argumentou. As declarações foram ditas depois da inauguração de mais uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na Avenida Caxangá, no bairro da Iputinga, periferia de Recife.

O governador Eduardo Campos também foi questionado se teria dado algum tipo de orientação a Ciro Gomes sobre a visita que a pré-candidata do PT, Dilma Rousseff, fará ao Ceará. O objetivo era saber se o pré-candidato socialista receberia a petista como adversária ou aliada. "Não precisa disso (orientação). Você conhece a relação que Dilma e Ciro têm. São companheiros, amigos e têm uma relação respeitosa. Esse tipo de orientação não carece dela não", garantiu.

Fonte: Terra