PT anuncia ex-deputado federal Márcio Macedo como novo tesoureiro

O nome de Marcio Macedo foi recebido com bastante surpresa, já que o mais cotado era de José Américo Dias


O Partido dos Trabalhadores aprovou nesta sexta-feira (17), em reunião do Diretório Nacional da legenda, o nome do ex-deputado federal federal Márcio Macedo (SE) para ocupar o cargo de tesoureiro do partido. Ele irá substituir João Vaccari Neto, que anunciou afastamento nesta quarta-feira após ser preso pela Polícia Federal.

A escolha de Macedo foi referendada pelo diretório da sigla com base em indicação feita pela corrente do PT "Partido que muda o Brasil" (PMB). Pelo critério da proporcionalidade, o grupo é responsável por indicar nomes para o cargo. O presidente nacional do PT, Rui Falcão, informou que o nome de Macêdo foi escolhido por consenso. "Depois de várias gestões, de várias conversas, se chegou ao consenso em torno do nome do ex-deputado Márcio Macêdo, que tem experiência política, parlamentar, e militante já vários anos", declarou.

De acordo com o líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (CE), Macedo já foi consultado sobre a decisão do diretório e informou que aceitará ocupar o cargo. Ele deverá assumir o posto imediatamente. "Este é o nome certo para a hora certa", disse Guimarães.

Macedo cumpriu mandato na Câmara entre 2011 e 2014, e concorreu às eleições de 2014, mas não foi eleito. "Precisamos de um nome novo, que oxigenasse", completou Guimarães. Apesar de o cargo ser assumido por Macêdo imediatamente, o nome dele passará ainda por avaliação do Congresso Nacional do PT, que ocorrerá, em junho em Salvador. "Não é tesoureiro interino, não é tesoureiro tampão, é tesoureiro no âmbito de plenas responsabilidades que o cargo exige inclusive no âmbito da Justiça Eleitoral. O congresso [do PT] é um momento de avaliação e, como tudo que será lá avaliado, também o nome de Marcio Macedo", disse Rui Falcão.

Macedo foi presidente do diretório do PT em Aracaju e, posteriormente, chegou ao comando da direção estadual da sigla. Em 2006, ele coordenou a campanha à reeleição do presidente Lula em Sergipe. Em 2010, disputou sua primeira eleição e foi eleito como deputado federal pelo PT em Sergipe. Na Câmara, ele chegou ao posto de vice-líder do partido, além de ter presidido a Comissão de Mudanças Climáticas na Casa. Nas eleições de 2014, o novo tesoureiro do PT não conseguiu se reeleger. Macedo tem 45 anos, é biólogo formado pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) e fez mestrado em Desenvolvimento e Meio ambiente pela mesma instituição.

Fonte: Terra