PT lança documento para combater 'versões facciosas' contra partido

Partido se defende de denúncias da Lava Jato e critica mensalão

A Comissão Executiva Nacional do PT lançará documento no qual o partido avalia o atual cenário político e fornece aos militantes informações para combater "versões facciosas" e "fraudes" contra a legenda.

O documento,, intitulado "Em Defesa do PT, da Verdade e da Democracia", tem 32 páginas, defende o partido das denúncias da Lava Jato, nega a ocorrêndia do mensalão e, segundo o presidente da sigla, Rui Falcão, busca "conter a onda de criminalização do PT".

"O ataque que se faz hoje contra nós é triplo e, por isso, centramos no PT a nossa defesa, assim como já fizemos em outros momentos as defesas de Dilma e Lula. Ora o foco é Dilma, com o impeachment, ora o PT, com a Lava Jato, e ora é o Lula. Quer dizer, os ataques contra nós só vão variando e, claramente, o único objetivo de todos eles é criminalizar o PT e impedir a presidenta Dilma de governar", disse Falcão ao G1.

Ao apresentar a cartilha, o presidente do partido atribui as "versões facciosas" aos "inimigos e adversários" da legenda. Ele diz também que o PT quer que os militantes divulguem o documento nas redes sociais e usem as informações em discussões com pessoas contrárias ao governo.

Fonte: Com informações do G1