PT vai punir quem agrediu o senador Dias e a deputada Rejane

PT vai punir quem agrediu o senador Dias e a deputada Rejane

Os dois foram agredidos durante o período de pré-campanha dentro do PT.

O Partido dos Trabalhadores (PT) deve punir os filiados que agrediram verbalmente o senador Wellington Dias e a deputada estadual Rejane Dias durante o período de pré-campanha dentro do PT para a escolha do caminho que a sigla deveria seguir nas eleições deste ano.

"Algumas pessoas vieram a público agredir as lideranças do PT. Essas pessoas apenas irão se explicar na Comissão de Ética. Nos próximos dias ingressaremos com o processo e eles terão todo o direito de defesa. Se não fizermos isso, iremos abrir um precedente perigoso", disse o deputado estadual João de Deus (PT).

Ele também confirmou ontem que a legenda irá apoiar integralmente o prefeito Elmano Férrer (PTB), deixando de lado especulações sobre uma eventual intervenção do diretório nacional para que o partido lançasse candidato próprio na capital. "Cabe ao partido como um todo acompanhar a decisão interna. Mas essa é uma fase de maturação até as convenções.

E cabe ao diretório municipal organizar a campanha e buscar as condições necessárias para ter um palanque reforçado. Não é impossível vitória do prefeito, mas precisamos fazer uma leitura real da situação", destacou João de Deus.

O deputado também criticou o calendário petista. Segundo ele, as datas para encontros de filiados e discussões sobre cenários políticos estão muito antecipadas, prejudicando assim as decisões do PT no Piauí.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte