PTB e PSDB só decidem chapa em junho

Além de dividirem a trincheira da oposição, o PSDB e o PTB têm em comum a decisão de fecharem apenas em junho as chapas majoritárias

Além de dividirem a trincheira da oposição, o PSDB e o PTB têm em comum a decisão de fecharem apenas em junho as chapas majoritárias que disputarão as eleições deste ano. O prazo limite para a escolha dos aliados será usado pelas duas legendas para buscarem, principalmente, um vice.

Os tucanos, encabeçados pelo ex-prefeito de Teresina, Sílvio Mendes (PSDB), e os petebistas, liderados pelo senador João Vicente Claudino, ainda não possuem um nome para a vaga, mas já cortejam membros do bloco governista e de partidos com menor representatividade.

?Não temos pressa. Essa discussão deve ficar para junho?, explicou o presidente regional do PSDB, o deputado estadual Luciano Nunes Filho. A sigla, no entanto, começou a traçar o perfil do vice ideal. Sílvio Mendes já ressaltou que prefere fazer dobradinha com alguém do Sul do Estado e que não seja político. O tucano garantiu o apoio do DEM, com o senador Heráclito Fortes disputando a reeleição, o PSC do senador Mão Santa, que também pretende se reeleger, e o PPS.

João Vicente já definiu um calendário próprio de pré-campanha. ?Em abril, reorganizamos nossa postura, consolidando a pré-candidatura. Em maio, iremos para o debate de ideias, com seminários pelo Estado, e em junho concluiremos a chapa?, pontuou. O senador não nega os boatos de que seu vice poderá ser um representante do movimento sindical. ?Surgiu essa sugestão e não descartamos. Os sindicalistas são um segmento representativo da sociedade?. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte