PV poderá voltar a compor a base do PTB na Prefeitura

O PV poderá reconsiderar o impasse envolvendo a indicação do secretário de meio ambiente e marchar unido com o PTB nas eleições deste ano.

Depois do episódio envolvendo a nomeação do vereador Valdemir Virginio (PTC) para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam), e, consequentemente, o rompimento do Partido Verde com a base do prefeito Elmano Férrer, o PV poderá reconsiderar o impasse e marchar unido com o PTB nas eleições deste ano. A avaliação é do vereador Ananias Carvalho (PV).

Segundo ele, o Partido Verde ainda trabalha na perspectiva de ter uma candidatura própria para ter um palanque forte para a senadora Marina Silva (PV), pré-candidata à Presidência da República. No entanto, conforme ressaltou Ananias Carvalho, as portas para uma aliança com os outros pré-candidatos ao governo do Estado ainda não foram fechadas. ?Já conversei com a presidente do PV, vereadora Teresa Brito, que também manifestou a intenção de formar alianças e manter conversas com outros partidos?, adiantou.

Assumindo uma aproximação maior com o PSDB, Carvalho lembrou que parte dos membros do PV saíram do partido tucano. Ainda assim, o vereador destacou que o PV mantém conversas com o PTB. ?Estamos aguardando. Não tem nada fundamentado ainda?, destacou, acrescentando que a sua preferência é que o PV formalize uma aliança com outros partidos. Nas últimas eleições, o PV teve mais de 60 mil votos. O deputado Elizeu Aguiar (PTB) assumiu, no inicio da semana, que o PTB intensificará as conversas com o PV. ?É um partido importante, que terá um grande peso. Retomaremos as conversas para tê-los conosco?, concluiu. (M.M)

Fonte: Mayara Martins