R. Silva nega ser “laranja” de Ciro na disputa pelo Senado

“Sempre tive posições de firmeza na política e a dobradinha é Ciro e R. Silva", disse

Apesar de fazer dobradinha com o deputado federal Ciro Nogueira (PP) em busca das duas vagas ao Senado, o vereador R. Silva (PP) afirmou ontem ?não ter tido tempo? de assistir a propaganda eleitoral em que seu companheiro de chapa na coligação ?Por um Piauí novo? afirma que ?fará mais pelo Piauí ao lado de Wellington Dias (PT)?. R. Silva negou ser ?laranja? de Ciro.

?Sempre tive posições de firmeza na política e a dobradinha é Ciro e R. Silva. Em um determinado momento ele está fazendo campanha em uma zona e eu em outra, mas quando nos encontramos no mesmo palanque temos um respeito muito grande?, argumentou o vereador, acrescentando esperar que a população eleja ?os dois?.

Questionado se a campanha ao Senado seria um sinal de que planeja concorrer à Prefeitura de Teresina em uma futura eleição municipal, R. Silva afirmou que ?não cogita ainda? essa possibilidade. Na semana passada, a propaganda eleitoral do vereador R. Silva (PP), fugiu do tom adotado nos últimos dois meses e mostrou um vídeo do senador e candidato à reeleição Mão Santa (PSC) em que ele critica a candidata do PT à presidência, Dilma Roussef.

O candidato ao Senado destacou que, entre suas principais propostas, está a construção de um hospital da mulher em Teresina e a aprovação da PEC 300, que cria um piso nacional para os policiais militares e bombeiros. ?O povo precisa de senadores que destinem recursos da União para o Piauí e não para outros Estado?, disse, alfinetando o senador e candidato à reeleição Heráclito Fortes (DEM). O democrata teria destinado recursos para o Instituto do Coração, em São Paulo. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte