Regina Sousa diz que PT fará oposição responsável, mas não boazinha

Ela citou duas vezes o deputado federal piauiense Heráclito Fortes.

Em seu discurso no Senado, durante a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), a senadora Regina Sousa afirmou que o PT fará oposição responsável ao governo do presidente Michel Temer, mas isso não quer dizer que fará um oposição boazinha.

A parlamentar listou  como as elites e a oposição começaram uma conspiração contra o governo de Dilma Rousseff em abril de 2015, quatro meses após sua reeleição.

Ela citou duas vezes o deputado federal piauiense Heráclito Fortes (PSB), como o anfitrião dos responsáveis pela conspiração contra Dilma Rousseff, que tinha o senador José Serra (PSB-RJ), o ex-ministro Nelson Jobim, José Carlos Aleluia e o vice-presidente Michel Temer (PMDB).

Regina Sousa falou que a Operação Lava Jato foi direcionada para o PT e seus líderes, assim como ação de emissora de TV e os políticos. “Estamos avisando que deslealdade e traição não se esquece”, falou Regina Sousa, acrescentando que o novo governo não vai respeitar os programas sociais que beneficiam os pais pobres, não vai respeitar os indígenas, os negros, a comunidade GLBT e as religiões de origens africanas.

“O poder foi usurpado de uma presidente eleita pelo voto direto e democrático dos brasileiros”, acentuou Regina Sousa.

Regina Sousa (Crédito: Reprodução)
Regina Sousa (Crédito: Reprodução)


Fonte: Efrém Ribeiro